UE quer acabar com carros a combustíveis fósseis até 2035

Segundo as últimas noticias relativamente aos automóveis na UE existe uma nova meta para que os modelos convencionais deixem de ser produzidos até 2035.

UE

O objetivo desta medida passa pela redução de 55% das emissões de C02 para 2030, de forma a tentar controlar os gases com efeito de estufa. Assim a UE propõe que se deixe de poder vender automóveis a combustíveis fosseis novos sejam eles híbridos ou não, diesel ou gasolina a partir de 2035.

UE

Estas medidas obrigam os fabricantes de automóveis a forçar esta transição do combustível fóssil para a eletricidade. Marcas como a Volvo, Ford, Opel e outras já vieram responder publicamente que até lá vão virar as suas gamas exclusivamente para modelos elétricos. Estão ainda estabelecidas várias multas a quem não cumprir estas regras.

UE

Outras das medidas passam por obrigar os países membros a construir e assegurar postos de carregamento público para automóveis elétricos, numa distância não superior a 60km e relativamente ao hidrogénio de 150km. Boas noticias para o Toyota Mirai.

Por fim esta proposta altera ainda um ponto fulcral que consiste em acabar com a exceção dos fabricantes de pequeno volume (entre mil e 10 mil carros por ano). É evidente que marcas como a Alpina, a Morgan ou a Caterham podem enfrentar graves consequências ou passarem para o mundo elétrico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *