Obrigado Sabine Schmitz por todas as histórias que ficam

Obrigado por tudo Sabine Schmitz, a piloto alemã morreu esta terça-feira com 51 anos depois de uma longa luta contra um cancro raro.

Obrigado Sabine Schmitz

Um figura que não passou despercebida pela vida de um verdadeiro petrolhead, Sabine Schmitz, é e sempre será a rainha de Nürburgring. É conhecida por alguns acontecimentos únicos como o facto de ter sido a única mulher até ao dia de hoje a vencer as 24 Horas de Nürburgring ou pelo facto de ter sido apresentadora do Top Gear.

Obrigado Sabine Schmitz

A sua ligação ao circuito de Nürburgring deve-se ao facto de ter nascido em Adenau e os seus pais eram proprietários de um restaurante e hotel muito próximo do circuito. Por volta de 1990 Sabine entra no mundo do desporto motorizado e passados dois anos apenas consegue um contrato com a BMW, onde consegue vencer várias provas.

Em 1996 participa nas 24H de Nürburgring com Johannes Scheid e Hans Widmann ao volante de um BMW M3, prova que vence e se torna a primeira mulher a vencer esta prova de resistência. Em 1997 assume o cargo de piloto do  Ring Taxi, cargo que acompanha ao longo de vários anos. Em 1998 torna-se a primeira piloto a vencer o campeonato VLN com Johannes Scheid mais uma vez ao seu lado.

Obrigado Sabine Schmitz

Por volta do ano de 2000 Sabine Schmitz passa a ser oficialmente piloto da Porsche, acompanhando assim o seu marido Klaus Abbelen. Em 2004 começa a integrar o famoso programa Top Gear em ocasiões excecionais e em 2005 funda com o seu marido a equipa Frikadelli Racing. A equipa consegue alguns resultados positivos com um terceiro lugar nas 24H de Nürburgring em 2008.

Obrigado Sabine Schmitz

Em 2015 e 2016, a piloto correu no Nordschleife para o WTCC e neste mesmo ano tornou-se co-apresentadora do “novo” Top Gear. Em 2018 a piloto vem afirmar em público que sofria de um cancro raro e que não iria participar nas provas desse ano.

Obrigado Sabine Schmitz

Nos últimos anos Sabine Schmitz ainda participou em algumas provas em 2019 ao volante de um Porsche 911 GT3 e em 2020 com um BMW 325i. É sem dúvida uma figura marcante no mundo dos automóveis e para muitos de nós, (apaixonados por carros) uma figura da nossa infância. Estima-se que Sabine Schmitz tenha dado ao longo da vida mais de 30 mil voltas ao “Inferno Verde”.

Obrigado por todas as histórias, aventuras e provas que consegui ver. Obrigado especialmente por me ter feito apaixonar ainda mais por estas máquinas de quatro rodas.

One thought on “Obrigado Sabine Schmitz por todas as histórias que ficam

  • Março 21, 2021 at 9:02 pm
    Permalink

    Uma mulher extraordinária e ainda muito nova, foram muitos os bons momentos e a adrenalina de vê-la correr. Sempre à altura dos melhores. Para nós mulheres ainda mais especial. Obrigado pelo texto carinhoso de homenagem à Sabine.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *