Último Lotus a gasolina confirmado para 2022

Os responsáveis pela Lotus prometeram que a empresa pretende “permanecer fiel” à sua base de entusiastas e posicionamento de preço existente – a empresa britânica anunciou que está a cortar a produção de três carros atuais, o Elise, Exige e Evora, antes de apresentar um modelo totalmente novo em 2022.

Type 131

O novo carro, que tem o nome código de Type 131 e provavelmente será um híbrido V6 e será posicionado acima do atual Evora. Isso significaria um preço inicial de cerca de 97 000€ – quase o dobro do valor do Elise mais básico.

Conforme revelado pela Lotus no ano passado, o Type 131 provavelmente será o último Lotus movido por um motor de combustão. O carro será revelado neste verão, antes do início da produção do protótipo em uma nova instalação de 110 milhões € em Norfolk e os primeiros compradores devem receber a entrega no início de 2022.

Type 131 traseira

A Lotus afirma ainda que o seu ADN não vai embora. E que os preços serão semelhantes, mesmo quando se fala de carros puramente elétricos. O que será um ponto interessante de ver se realmente se torna realidade ou não.

Senapati, Diretor Executivo de Estratégia Corporativa e Gestão de Produtos da Lotus recusou-se a divulgar o nome de produção do Type 131, mas deu uma forte dica de que as especulações da internet dizendo que ele carregaria o emblema Esprit estão incorretas. “Não estou a dizer que este carro não será um carro lendário daqui para frente, mas queremos criar mais lendas, não apenas recriar os bons velhos tempos”, disse ele. “Há mais espaço para fazermos coisas novas e ainda melhores, espero.”

novos modelos da lotus

Ele confirmou que o plano ainda é que os carros da empresa mudem para energia elétrica depois disso, descrevendo o próximo novo carro desportivo como “o último grito para os motores de combustão, do nosso lado”.

Este é o pesadelo de muitos puristas, ver marcas de grande nome e pedigree lentamente a converterem-se para o mundo dos elétricos, mas veremos se realmente um Lotus elétrico terá o mesmo sucesso que os Lotus a que sempre estivemos habituados.

Aqui fica uma lembrança de um dos primeiros modelos da Lotus.

E vocês o que acham do futuro da Lotus, será que a marca se vai manter fiel aos princípios?

Artigo escrito por Filipe Duque – Correspondente CarOnline.Tv

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *