Top 10 – Cores de fábrica mais estranhas de sempre

Nos dias de hoje seja com pintura ou com vinil adesivo, o famoso wrap, já vemos alguns carros a circular com cores diferentes, mas continua a ser raro. Sou adepto de que os carros devem ser mais animados e que devemos tentar fugir das cores mais comuns, branco, cinzento e preto.

Ora aqui ficam alguns exemplos de marcas que concordam comigo e quiseram animar certos modelos logo de origem.

1 – Bugatti Veyron L’or Blanc

Como sabemos este hiperdesportivo conta com várias versões exclusivas, esta é a que penso ser mais excêntrica. A versão “ouro branco” do Bugatti Veyron Grand Sport distingue-se por ser o único carro com peças em porcelana. O modelo conta com um motor W16 de 1000 cavalos, tracção nas quatro rodas e uma caixa automática de sete velocidades. A aceleração dos 0 aos 100 km/h cumpre-se em apenas 2,7 segundos e a velocidade máxima ronda os 407 km/h.

2 – TVR com cores camaleão

A marca inglesa foi uma das pioneiras em utilizar cores camaleão que fazem o carro conseguir assumir cerca de quatro ou cinco cores diferentes, consoante a exposição solar. Neste caso não se trata de um modelo em especifico pois esta cor, ou este tipo de cor, podia ser encomendada em vários modelos. Uma opção bastante utilizada hoje em dia com o vinil adesivo.

3 – Audi R8 Chrome Edition

Parece “comum” mas trata-se do único Audi R8 descapotável com uma pintura cromada original. Sim, mais uma vez é uma pintura de fábrica e não um adesivo. Este modelo foi lançado em 2011 com a finalidade de angariar dinheiro para caridade num leilão. O modelo possui um motor V10 de 5.2 litros que produz 525 cavalos.

4 – Land Rover Range Rover ChromaFlair

O mundo das personalizações nos modelos Range Rover é praticamente infinito. Um 4×4 de luxo agradável que conta com uma paleta de cores bastante variada. Algumas cores como esta Spectral Amber ChromaFlair, que tornam este Land Rover bastante exclusivo.

5 – Rolls-Royce Dawn Fuxia

O feliz proprietário deste Rolls-Royce, Michael Fux, inspirou-se nas cores das pétalas de uma planta, fuschia, que existe nos jardins de Pebble Beach. A marca inglesa ficou com a missão de transformar o seu carro num modelo único. Tanto por fora como por dentro o modelo recebeu novas cores e tornou-se único. A nível de motor conta com uma unidade V12 de 6.6 litros twin-turbo capaz de gerar aproximadamente 570 cavalos.

6 – Mercedes-Benz SLS AMG Desert Gold

Em 2010 o Dubai Motor Show ficou em choque quando viu este SLS. A marca alemã quis mostrar ao mundo uma versão diferente, para provar que este carro é capaz de assumir cores diferentes do habitual cinzento. O ouro sobre o alumínio resultou numa cor única mate que foi um sucesso imediato. A Mercedes-Benz até iniciou um plano para tornar esta cor exclusiva do modelo que mais tarde foi abandonado. O modelo equipava um motor V8 de 571 cavalos.

7 – Volvo Gul Yellow

Pois é, a irmã da Ingrid, Volvo 850 T-5R, utilizou esta cor única que na altura era pouco comum em carrinhas e sedans. Foi uma estratégia de marketing para evidenciar todas as capacidades deste modelo. O seu motor de 5 cilindros com 2.4 litros e 240 cavalos ficou conhecido pela sua performance. Actualmente é uma versão muito apetecível.

Quem é a Ingrid? Aqui tens…

8 – Citroën 2CV Charleston

O famoso Citroën 2CV tinha de estar presente, este é um modelo que dispensa apresentações e recebeu inúmeras versões especiais. O Charleston foi o que mais marcou pelo seu esquema de cores que poderia ser verde e preto, amarelo e preto, cinzento e preto e claro este belíssimo bordô e preto. O modelo contava com o habitual motor de 2 cilindros boxer com 602cc e 29 cavalos.

9 – Volkswagen Polo e Golf Harlequin, também conhecidos por Benetton.

Volkswagen Polo Harlequin

Um dos que não podia faltar… Lançado na Europa para atender ao público jovem, este foi um dos maiores sucessos. A produção de pouco mais de 1000 unidade rapidamente foi aumentada devido a todos os pedidos do modelo chegando a perto de 4000 unidades. O sucesso foi tal que no mercado norte americano foi encomendado o Golf Harlequim, que não se enquadrava no espírito do Polo, pois é um modelo de outro segmento, mas de por causa dos clientes foi produzido.

Volkswagen Golf Harlequin

Hoje ainda é um modelo facilmente reconhecido existem aficionados pelo modelo que transformam modelos actuais com estes esquemas de cores. Nota não existem dois carros iguais, a Volkswagen elaborou um calculo matemático para que as corres dos painéis não fossem repetidas, ou seja cada unidade é única.

10 – Ford Mustang Gotta Have It Green

Esta é uma cor metálica de três camadas que ficou disponível na geração de 2013 do Ford Mustang. A marca americana decidiu que este modelo era tão bonito que tinha de existir na cor verde, (é discutível), e assim foi. De inicio só estava disponível na versão Boss 302 com o motor V8 de 5.0 litros com 444 cavalos, mais tarde estendeu-se a toda a gama Mustang.

Se achas que falta aqui algum carro em especial deixa nos comentários mais modelos com cores estranhas de origem, ou diz-nos qual é o teu favorito.

2 thoughts on “Top 10 – Cores de fábrica mais estranhas de sempre

  • Agosto 19, 2020 at 3:08 pm
    Permalink

    Renault 11 dourado – criou a moda dos carros dourados dos anos 80

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *