Rolls Royce Boat Tail custa 20 milhões de euros

Inspirado no Rolls Royce Sweptail de 10 milhões de euros, o Boat Tail pode ser o Rolls mais pormenorizado que nós já vimos. Mede 5.8 metros de pára-choque a pára-choque. Este cabriolet de tema náutico é movido por um V12 de 6,75 litros, senta quatro passageiros e vem com um teto destacável (hardtop) de fibra de carbono que permite com que ele se transforme num verdadeiro coupé. O mais impressionante de tudo são os compartimentos duplos com abertura lateral na parte traseira que revelam um frigorifico dedicado para champanhe, um conjunto de piquenique Christofle, mesas de cocktail, cadeiras e um guarda-sol.

Rolls Royce

O Boat Tail abriga um guarda-sol único em antecipação ao bom tempo, uma variação de design deliciosa nos clássicos guarda-chuvas Rolls-Royce, que foram criados em antecipação ao mau tempo.

Rolls Royce

As referências náuticas do Boat Tail são muito sugestivas com um pára-brisa envolvente, a traseira feita em madeira especialmente adaptada que se encontra tipicamente nos interiores de automóveis, mas desta vez o material foi feito para o exterior, algo inédito em automóveis e revela mesmo a excelência da engenharia da Rolls Royce em querer criar algo único e especial. O tratamento de verniz estende-se até a extremidade traseira do Boat Tail, uma referência subtil às linhas do casco das caudas clássicas de barcos.

Rolls Royce

Um capô pintado à mão, uma inovação na Rolls-Royce, surge de um azul mais escuro comparativamente suave que cai em cascata sobre a grelha proporcionando uma estética progressiva, mas informal, e uma solidez de volume geral quando vista de frente.

Rolls Royce

A pele no interior reflete a transição do tom de cor do capô, com os bancos da frente num tom azul mais escuro, enquanto os traseiros são acabados com uma cor mais clara.

Rolls Royce

Todos estes detalhes e exclusividade vêm com um preço a rondar os 20 milhões de euros, que torna este carro em uma peça de arte que poucos terão a oportunidade de ver quanto mais comprar, sendo que apenas foi fabricada uma unidade e foi feita para um cliente anónimo que especificou e basicamente criou este Rolls Royce Boat Tail.

Rolls Royce

Houve sinais desde a revelação da semana passada de que o carro pode pertencer a Jay-Z. Primeiro, houve relatos de que o proprietário misterioso vinha da América e que ele e sua esposa estavam envolvidos no negócio da música. Depois, há o acabamento em azul Azure, que muitos estão a relacionar com o primeiro filho do casal, Blue Ivy. E o outro sinal é o frigorifico de champanhe onde nas imagens da imprensa está cheio de garrafas Armand de Brignac, a mesma marca que Jay-Z é acionista.

Artigo de Filipe Duque

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *