Quem é que se lembra do acidente mais caro do mundo?

O acidente envolveu um total de 14 carros, sendo que 12 eram de luxo, e ocorreu em 2011 no Japão. Dez condutores foram levados para o hospital mas ninguem ficou gravemente ferido . Os veículos foram oito Ferraris, um Lambroghini e três Mercedes.

Segundo a informação fornecida pela polícia japonesa numa manhã de dezembro de 2011 alguns carros desportivos deslocavam-se para um evento de automóveis em Hiroshima, Japão. Enquanto seguiam, em fila, num troço da Auto-estrada Shimonoseki, na província de Yamaguchi, o condutor que ia na frente perdeu o controlo do seu Ferrari F430 Scuderia e parte do grupo acabou por se envolver no acidente.

Ferrari Testarossa envolvido no acidente.
Vejam aqui o ensaio a um Testarossa!

Eram no total 20 carros desportivos e segundo as autoridades circulavam a mais de 150 km/h, o que explica o facto de não terem conseguido travar a tempo de evitar o acidente em cadeia.

Modelos icónicos da marca italiana (do cavalinho) como o Ferrari F355, Ferrari F355 Challenge, Ferrari 360 Challenge Stradale, Ferrari 360 Modena, Ferrari F430 Scuderia ou ainda o emblemático Ferrari Testarossa estiveram envolvidos no acidente. O Lamborghini acidentado foi um Diablo GT azul, e relativamente aos Mercedes foram dois 560 SEC AMG, um SL e um classe S.

Este ficou registado como o acidente mais dispendioso do mundo por parte das seguradoras, (ultrapassou os 3 milhões de euros), visto que envolveu cerca de 14 viaturas onde 12 foram modelos icónicos, de marcas de luxo. Visto que não resultaram feridos podemos dizer que foi um acontecimento no mínimo curioso e incrível ao mesmo tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *