Novo Mercedes Classe C, o melhor de dois mundos

O Mercedes Classe C recebe agora a sua quinta geração onde encontramos motores a gasolina, diesel e híbridos. No interior temos a tecnologia e conforto do Classe S mas por fora continua a ser um familiar.

 Mercedes Classe C

Para já os novos Mercedes Classe C vão recorrer apenas a motores quatro cilindros, tanto na gasolina como no diesel, sendo que cada pode equipar um sistema elétrico híbrido moderado de 48 V e um gerador de partida integrado (ISG). Este ISG é capaz de desenvolver um overboost com 19 cavalos adicionais por curtos períodos. Todos os modelos recorrem a uma transmissão automática de nove velocidades e alguns estão disponíveis com tração nas quatro rodas.

Enquanto não são reveladas as versões AMG, o topo de gama do Mercedes Classe C é o C300 a gasolina de 254 cavalos. Os 0-100 km/h são cumpridos na casa dos 6 segundos. Relativamente ao diesel o C300d de primeira linha são mais potentes, com 262 cavalos, que se torna mais rápido do que a versão a gasolina, completando os 0 aos 100 km/h em 5,7 segundos.

 Mercedes Classe C

O C300e plug-in híbrido apresenta um motor a gasolina de 2 litros semelhante ao C300 convencional. Aqui combina um motor elétrico de 127 cavalos e uma bateria de 25,4 kWh aumentando a potencia total para os 311cv. O facto da bateria ser grande possibilita uma enorme autonomia elétrica de 100 km. Ou seja mais do que é oferecido por qualquer rival plug-in comparável por alguma margem.

Ensaio ao Mercedes-Benz C300de
 Mercedes Classe C

Há uma dúvida persistente sobre se motores maiores estarão disponíveis mais tarde no novo classe C e particularmente para as variantes AMG. Na realidade, existe uma possibilidade real de que o próximo C63 seja um quatro cilindros, unidos por um sistema híbrido mais potente.

 Mercedes Classe C

No interior o novo classe C recebeu uma arquitetura de totalmente nova, semelhante ao da classe S atual. Tal como este o layout é dominado por um touch screen central que se eleva da consola central e alguns botões na parte inferior. Em frente ao condutor está um segundo ecrã de informações que está disponível em dois tamanhos diferentes, com um head-up display opcional situado atrás.

 Mercedes Classe C

O novo classe C compartilhará ainda a plataforma derivada de MRA com outros modelos da Mercedes, como as classes E e S e, de fato, a classe C anterior. A suspensão dianteira tem um design de suporte MacPherson e uma traseira multi-link. Os amortecedores podem ainda ser adaptativos.

Os modelos híbridos plug-in têm um eixo traseiro com suspensão pneumática auto nivelante que ajuda a suportar o peso extra da bateria sem afetar os limites de carga. Destaque ainda para o sistema opcional de direção das rodas traseiras.

 Mercedes Classe C

O design exterior é moderno, com uma silhueta e postura semelhantes ao modelo anterior, o que alinham mais o novo classe C com o resto da atual gama da Mercedes-Benz.

Ensaio do Mercedes-Benz E300de vs W123 300d

Deste modo o novo Mercedes Classe C continua a rivalizar com modelos como o BMW Série 3 ou o Audi A4. A nova geração do classe C continuará a ocupar esse espaço, com a familiar combinação de atributos que fez dos seus antecessores um sucesso tão grande, agora com um novo foco na eletrificação e no futuro.

Artigo de Francisco Gonçalves e Filipe Duque.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *