Lamborghini Essenza SCV12 é o carro mais dramático de 2021

Este Lamborghini é a resposta direta ao programa XX da Ferrari. Trata-se apenas do Lamborghini mais focado em pista, dramático e com um motor V12 puro que podemos imaginar.

Lamborghini

Este projecto Essenza começou a ser desenvolvido por volta de 2019 e é como sabemos o concorrente direto do programa XX da Ferrari, conhecido por alguns dos carros mais impressionantes do mundo, seja pelo barulho, condução ou visual. Hypercarros baseados em modelos de produção que não podem circular nas estradas e ficam restritos a circuitos.

Modelos bastante caros que existem com o simples propósito de serem os carros mais apaixonantes e malucos possíveis. A experiencia ao volante torna-se igual a um modelo de resistência de GT3, ou seja, um verdadeiro carro de corrida que não foi feito para correr.

Lamborghini

É verdade a Ferrari criou este tipo de automóvel em 2005 com o FXX e agora a Lamborghini decidiu entrar neste mundo e produzir a sua primeira viatura. Para comandar o projecto os italianos escolheram o piloto Emanuele Pirro que ganhou cinco vezes a prova de Le Mans com a Audi Sport e o resultado não poderia ser melhor.

Custa 2.2 milhões de euros, tem 819 cavalos e um motor V12 que promete ter o som mais bonito até hoje de qualquer carro, será difícil mas estou ansioso por ouvir. Este é o SCV12 e será limitado apenas a 40 unidades, tal como os Ferrari XX.

O departamento de corridas da marca italiana, Squadra Corse, ajudou a desenvolver o modelo mas todo o projeto foi pensado por Emanuele Pirro. O objetivo era desenvolver a versão mais extrema de um Lamborghini que não fosse um carro de corridas e parecem estar satisfeitos com o resultado.

Lamborghini

Tal como os Ferrari XX o Essenza partilha uma questão meio polémica. Os donos que os comprarem recebem o tratamento total com o modelo ou seja, sempre que o quiserem utilizar numa pista informam a Lamborghini e o carro é lhes levado ao local. Ou seja compram o carro mas não ficam com ele na garagem… A marca italiana admite que os seus compradores possam guardar os carros no entanto preferem que as as 40 unidades permaneçam na fábrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *