Ford Mustang Mach-E com 1400 cavalos

Este modelo é uma afirmação do que a marca norte americana é capaz de produzir. O polémico SUV, Mustang Mach-E, veio mostrar que não necessita de um grande V8 para ser um “muscle car”.

O exterior denuncia o seu propósito. Uma carroçaria bastante alargada uma asa enorme de fibra de carbono na traseira e os quatro cantos preenchidos por barbatanas fabricadas em materiais compósitos leves que controlam a “downforce”.

A sua plataforma recorre ao Mustang Mach-E GT, a versão de estrada mais potente que vai ser lançada em 2021 com 459 cavalos e 402 km de autonomia. A grande diferença é que em vez de utilizar os dois motores de origem, equipa sete. Sim, sete. Três no eixo da frente e quatro no eixo traseiro, ligados por uma forte transmissão. O modelo pode assumir tracção nas rodas da frente, traseira ou ainda integral, depende da vontade do condutor. Este super SUV pode ser uma máquina de tempos em pista, um brinquedo de drift ou um simples tracção dianteira.

A potência também já não é a original, o modelo viu a potência aumentar de 459 para 1400 cavalos. Ainda não se conhecem os números do 0 aos 100 km/h mas a velocidade máxima está limitada aos 257 km/h. A nível de bateria teve de ser desenvolvida uma unidade capaz de alimentar estes motores. Foi construída com células de níquel manganês e cobalto, que resultam numa capacidade de 56,8 kWh.

No interior trata-se um carro de corrida completo e ainda possui um grande tablet. O volante dá para retirar, o travão de mão é hidráulico e o tablier é em fibra de carbono. A nível de componentes e ajudas electrónicas possui travão regenerativo de energia, bastante útil, e um sistema de controlo de tracção.

Este protótipo conta com mais de 10 mil horas de desenvolvimento e resulta de uma parceria entre a Ford Performance e a RTR Vehicles, a preparadora do famoso piloto de drift Vaughan Gttin Jr.

O novo Mustang Mach-E 1400 é um plataforma de testes da marca norte americana, para saberem que sistemas podem desenvolver e aplicar em futuros modelos. O modelo vai desfilar pela primeira vez no próximo evento da Nascar Cup Series.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *