Bentley Mulliner Bacalar, um roadster milionário

Com uma produção limitada apenas a 12 unidades, o Bacalar é inspirado no Bentley EXP 100 GT, modelo comemorativo dos 100 anos da marca inglesa, tornando vários aspectos desse protótipo reais.

Custa mais de 1.5 milhões de euros e já estão todos vendidos, entra assim no clube dos novos exclusivos a céu aberto como o Ferrari Monza, Aston Martin V12 Speedster ou o McLaren Elva, modelos de dois lugares que não podem ser considerados descapotáveis porque não existe qualquer tipo tecto.

A Mulliner é a construtora de carroçarias mais antiga do mundo que remete ao século XVI, e o Bacalar é o primeiro modelo do seu portefólio que provavelmente vai garantir mais modelos de futuro com todas as personalizações possíveis e imagináveis, já que o seu propósito é a exclusividade.

A sua plataforma é baseada no Continental GT, a nível de motor encontramos o mesmo 6.0 litros twinturbo W12 de 635 cavalos, agora reprogramado para 659 cavalos e 900 Nm, com uma caixa de 8 velocidade de dupla embraiagem e uma velocidade máxima de 330 km/h. Também a suspensão a ar, o sistema de tracção às quatro rodas e todos os comandos electrónicos como o sistema de multimédia são os que encontramos no Continental GT.

Mas é no visual que o Bacalar se destaca, por fora a única peça em comum com o Continetal GT é o puxador da porta devido ao sistema key less. O Bentley Bacalar tem uma enorme presença na estrada, é mais largo que o Continental GT, que já é um carro volumoso, e juntamente com as jantes exclusivas de 22 polegadas garante que por onde passa não deixa ninguém indiferente. Destaque ainda para uma linha de bronze que acompanha o exterior do carro.

Por dentro essa presença também existe, no lugar dos bancos traseiros existe um compartimento de bagagem e todos os materiais são da maior exclusividade, para além da fibra de carbono recorrem a madeiras com mais de 5 mil anos e a pele de baleia branca nos bancos para tornar o interior um pouco mais especial.

Algumas das configurações do novo modelo.

Dificilmente vamos ter o prazer nos cruzar com um Bentley Bacalar na rua por dois motivos, o simples facto de só existirem 12 exemplares e de ser um carro de coleccionador. Ou seja é para ser admirado como uma obra de arte e raramente conduzido, um conceito que eu tenho dificuldade em aceitar mas que não retira qualquer beleza ao novo Bentley.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *