Alpine comemora entrada no mercado elétrico com protótipo!

Para comemorar o desenvolvimento da gama eletrificada, a Alpine lançou um protótipo elétrico do seu A110.

Alpine

Com a chegada de Luca de Meo e com a nova intenção da Alpine de desenvolver uma gama 100% elétrica, o Alpine A110 era a escolha óbvia para fazer um projeto que ilustre exatamente aquilo que a marca francesa irá oferecer no futuro aos seus clientes. 

O desafio de manter a alma do Alpine A110

Assim, pegaram num A110 “normal”, eletrificaram-no mas conseguiram fazer aquilo que poucos fabricantes têm conseguido fazer até agora – manter o seu espírito vivo!

Alpine

Para este fim, manter o peso baixo e bem distribuído foi tanto uma prioridade como um desafio. 

Ainda mais desafiante foi atingir e manter estas características, tendo por base um sistema do grupo já existente, fazendo uso dos módulos de bateria do Mégane E-Tech. 

De forma a conseguirem distribuir e compactar as baterias, utilizaram caixas de bateria desenhadas especificamente para este efeito e colocaram quatro módulos à frente e oito atrás. 

Conseguiram ainda aumentar o peso deste protótipo face ao normal A110 em apenas 258 kg, compactando o conjunto de baterias a um total de 392 kg. 

Alpine

Os motores elétricos estão ainda ligados a uma caixa de velocidades de dupla embraiagem mas com embraiagens desenhadas de propósito para conseguir aguentar o binário elevado dos motores elétricos. 

Desenvolveram ainda funcionalidades eletrónicas específicas a esta versão elétrica, como um botão de “Overtake”  e uma possibilidade de comunicação entre duas baterias diferentes. 

Alpine A110 agora em versão topless

A “jóia da coroa” deste protótipo, é algo já muito aguardado pelos fans da marca – a integração de um top amovível no A110, utilizando dois tejadilhos “injectados” com carbono reciclado, mantendo a rigidez do chassis e o peso também em baixo. 

Alpine

No âmbito da eletrificação de plataformas vem também sempre a acompanhar um acrescento tecnológico. 

Assim, neste protótipo A110 encontramos algo ainda não visto, um tablet pessoal do condutor que se liga ao carro e forma parte do sistema de infotainment. Desta forma, o condutor faz utilização de apenas um sistema operativo para todas as suas interações com os seus dispositivos. 

A Alpine conseguiu ainda desenvolver um novo sistema de som com 8 altifalantes e um subwoofer integrado para criar uma experiência de som surround

Linho em destaque

O linho é ainda um material que a Alpine fez extensa utilização em diversas aplicações e que na opinião da marca francesa, poderá ser uma das soluções para materiais mais sustentáveis no futuro, combinado o linho com integração em materiais compostos como o carbono, o vidro ou até mesmo em fibra de linho. 

Alpine

Este protótipo não será colocado para venda infelizmente mas já nos dá um breve vislumbre daquilo que nos espera da gama eletrificada da Alpine.

Veja aqui o nosso ensaio ao Alpine A110: