Volkswagen T-Roc de cabelos ao vento? Agora sim.

O mercado dos crossovers compactos recebe agora um novo membro que foge ao tradicional, o Volkswagen T-Roc Cabriolet. Este vem ainda aumentar a pequena lista de crossovers descapotáveis como o Range Rover Evoque Cabriolet ou o Nissan Murano Cabriolet.

Independentemente da versão escolhida o novo T-Roc Cabriolet consiste num crossover compacto de 4 lugares com capota eléctrica de lona. Com a chave de sistema keyless é possível abrir (em 9 segundos) e fechar (em 11 segundos) a capota do carro, o que também pode ser feito em andamento até um total de 30 km/h.

Como é habitual em carros descapotáveis a rigidez teve de ser reforçada, fruto da ausência das colunas centrais e traseiras, de forma a garantir mais segurança em qualquer situação de acidente e também de modo a melhorar os aspectos dinâmicos do modelo. Em caso de capotamento o T-Roc recorre a um sistema activo de segurança que consiste na projecção de duas peças atrás dos apoios de cabeça traseiros.

Em termos de motorização o modelo conta apenas com motores a gasolina. O modelo 1.0 TSI de 115 cavalos com caixa manual de 6 velocidades cumpre os 0-100 km/h em 11,7 segundos, chegando aos 187 km/h de velocidade máxima. Já o 1.5 TSI de 150 cavalos com caixa automática de 7 velocidades e dupla embraiagem DSG que realiza os 0-100 km/h em apenas 9,6 segundos atingindo a velocidade máxima de 205 km/h. Para baixar os consumos e poupar também o planeta a versão 1.5 recorre a um sistema de desactivação de cilindros.

A nível de equipamento existem duas versões, Style e R-Line, ambas se preocupam com os detalhes sendo esse um dos propósitos do modelo. Apresentam sistemas como o Lane Assist, cruise control adaptativo, volante multifunções em couro e jantes de 17 polegadas, entre outros. A linha mais exclusiva é a R-Line que em Portugal conta de série com o motor mais potente (1.5 TSI e caixa DSG de 7 velocidades), conta com todos os equipamentos da versão Style e ainda com jantes de 18 polegadas, faróis em LED e um sistema de ajuda ao estacionamento com câmara traseira entre outros extras do kit R-Line.

A Volkswagen confirma que os preços para este modelo em Portugal são de valores na casa dos 32 mil euros para o 1.0 TSI e de 43 mil euros para a versão 1.5 TSI. A sua chegada está prevista para Maio mas pode variar devido às circunstâncias actuais.

O que achas destas versões descapotáveis de crossovers, será fazem sentido? Eu penso que sim, deixa aqui a tua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *