Alpine A110 com motor BMW de 306 cavalos?

De forma a cumprir a futura norma comunitária Euro7 o actual motor do Alpine terá de ser alterado. Tudo indica que a marca irá recorrer ao bloco 2.0 litros de 306 cavalos da BMW.

O conhecido bloco de 1.8 litros TCe, que equipa modelos como o Renault Mégan RS, e é capaz de desenvolver uns incríveis 290 cavalos no Alpine A110s, vai ter de ser substituído. Motor que já tinha recebido alterações como um catalisador desportivo, por questões ambientais, não vai ser continuado. Depois de um estudo de mercado a Renault concluiu que se torna mais dispendioso alterar a unidade existente do que substitui-la por outra opção.

No nosso canal temos os ensaios das duas versões disponíveis deste modelo. Podes ver aqui o Hugo Marcos aos comandos do Alpine A110s, a versão de estrada mais potente deste modelo.

O novo motor que a marca francesa optou foi o 2.0 de quatro cilindros turbo BMW, famoso B48 que equipa o novo modelo de performance Mini John Cooper Works GP. Esta unidade é capaz de prestações muito positivas, a começar desde logo com os 306 cavalos que debita.

Apesar do baixo número de vendas do modelo a nível mundial,e a Renault já ter pensado em acabar com a Alpine, tudo indica que esta será uma forma de tentar “salvar” o modelo e avançar para uma segunda geração. O Alpine A110 trata-se de um modelo muito amado pelos amantes dos automóveis devido à sua história e capacidade dinâmica. A receita de juntar um motor de sucesso ao modelo só resultar bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *