Seat Tarraco Híbrido plug-in é o modelo certo

O Seat Tarraco Híbrido é o primeiro SUV electrificado da marca espanhola e promete ser um caso de sucesso. Confortável, espaçoso e com uns saudáveis 245 cavalos pode ser a escolha ideal.

Seat Tarraco

Trata-se nada mais nada menos que o maior SUV da Seat onde espaço não é problema e pode ir até aos sete lugares nas versões não electrificadas. Pensado para o mercado europeu este Tarraco Híbrido oferece condições muito vantajosas a nível de preços, especialmente para empresas, mas já la vamos.

Relativamente ao motor a receita já é conhecida. O modelo reúne o famoso bloco 1.4 TSI de 150 cavalos com um motor elétrico de 85 kW (115 cavalos) que lhe garantem uns eficientes 245 cavalos e 400 Nm. Para colocar a potência no chão o Tarraco e-HYBRID está ligado a uma transmissão automática DSG de 6 relações que torna as mudanças suaves para tornar a experiência de condução sem esforço.

A sua aceleração oficial dos 0 aos 100 km/h é cumprida em 7,5 segundos, mas o modelo tornou-se capaz de a cumprir em 7,2 segundos. Números bastante positivos para um modelo com cerca de 1870 kg. Já a velocidade máxima encontra-se limitada aos 215 km/h.

A sua autonomia combinada é de 730 km sendo que no seu modo 100% elétrico é capaz de percorrer cerca de 49 km em estrada e mais de 50 km se forem realizados em cidade. Para carregar a bateria são necessárias 3h30 numa wallbox de 3,6 kW ou cinco horas se for feita através de uma tomada doméstica de 2,3 kW.

Seat Tarraco

Mas porque é que este modelo deverá ser um sucesso especialmente nas empresas? A resposta é muito clara. A Seat pensou ao pormenor os aspectos relacionados com os impostos e originou um modelo que custa menos de 35.000 euros, mais IVA, sendo que o PVP é de quase 43 mil euros que é mais barato que a versões equivalentes a combustíveis fósseis (gasolina e diesel) para qualquer particular.

No caso das empresas a situação ainda é mais positiva, podendo recuperar o IVA o Tarraco e-Hybrid passa a custar 35.000 euros, em termos práticos isto representa menos 11 mil euros que o mesmo modelo a diesel.

Relativamente ao interior a versão ensaiada foi o Xcellence que conta com um nível de equipamento muito aceitável. O sistema de info-entretenimento apresenta um ecrã de 9,2 polegadas muito competente e é possível ser controlado com um comando de voz. Relativamente a conectividades o sistema aceita Android Auto e Apple CarPlay com a particularidade de não ser necessário ligar fios.

“Ensaio SEAT Tarraco, o maior SUV da SEAT”
Seat Tarraco

Se querem comprar um Tarraco o modelo híbrido é sem dúvida a melhor opção. Os únicos pontos negativos deste modelo híbrido face aos modelos unicamente a combustão são o modelo só poder oferecer cinco lugares (em vez de sete) e o espaço de carga na mala ser reduzido a 610 litros. Ambos se devem ao espaço onde foram colocadas as baterias.

Se abdicar destas duas questões não for fundamental esta então é a versão do Tarraco que vocês devem comprar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *